AeC

Relacionamento com Responsabildade

Consultoria em TI

Setor Financeiro

Setor Financeiro

​Desafios de TI


Como é definido em lei, as empresas precisam renovar suas licenças para uso de softwares num período de três em três anos, em geral. A não-regularização de licenças pode acarretar fortes danos para as empresas, como multas pesadas por parte dos fabricantes e desatualização do parque tecnológico, que fica desprovido de novos aplicativos e recursos de segurança. Foi a partir dessa demanda que a AeC renovou seu contrato com um grande banco privado de cobertura nacional em 2011, formalizando uma parceria que tem duração, no mínimo, até 2014. Mais que cuidar dessa atualização de licenças, a AeC tem como desafio entender as necessidades de TI do cliente, para propor soluções de BPO relevantes para seu negócio.

 

Projeto AeC
 

A AeC iniciou seu relacionamento com esse banco em 2005, com um contrato de licenciamento de software que tem duração até hoje e evoluiu para consultoria e governança de TI. Como estratégia de negócios, o papel da AeC vai além de uma revenda de licenças: a empresa tem como objetivo aconselhar seus clientes nas compras e regularizações de uso de softwares, propondo as melhores soluções. A parceria tem como premissa uma relação próxima no dia a dia das operações do banco, com o acompanhamento das demandas do cliente.  O objetivo da AeC é expandir sua atuação dentro do cliente, para que ele reconheça a empresa como seu melhor parceiro em BPO.

 

Principais soluções implementadas
 

Contrato de licenciamento de software – essa parceria engloba renovação do uso de licenças de softwares para mais de 4 mil máquinas e mais de 500 servidores, envolvendo atualizações de sistemas operacionais, aplicativos e recursos de segurança, entre outros. Com a renovação do contrato com a AeC em 2011, o banco assegurou, com a regularização do uso de softwares, atualizações de recursos tecnológicos e a consultoria estratégica da AeC para decisões de TI.

Governança de TI – Como etapa inicial, foi contratada uma solução de Comand Center para monitoramento de serviços e gerenciamento de capacidade do ambiente de TI do banco. A partir desse diagnóstico, a AeC vem propondo melhorias e deve ampliar suas soluções em Governança de TI, estando mais presente no cotidiano do cliente e construindo, junto com ele, soluções customizadas.

 

Benefícios
 

Com as licenças para uso de softwares em dia, o banco tem garantidas as melhores versões e atualizações tecnológicas, que geram benefícios como: melhor eficiência operacional, melhores práticas de TI, mais agilidade dos sistemas e nos tempos de resposta, diminuição de downtime e economia de energia, entre outros. Como parte das estratégias, destacam-se: aumento da disponibilidade dos serviços, visão dos principais indicadores de performance e disponibilidade dos sistemas monitorados, visão sobre a qualidade dos serviços de TI, diminuição dos impactos sobre o negócio do cliente, além de estabilidade da solução, aumento da capacidade de monitoramento, eficiência operacional e aumento da potencialidade da ferramenta. Como resultado, a área de TI do banco cumpre seus SLA’s (Service Level Agreement).